‧ Envio Grátis ‧ Receba em 4 dias úteis ‧ 30 Dias para Trocar ‧ 2 Anos de Garantia ‧

Benefícios da meditação para a saúde física e mental

Com o devido respeito por outras opiniões, entendemos que a saúde está efectivamente associada à qualidade de vida de cada um de nós.

A prática regular de exercícios físicos, uma alimentação saudável e correcta e o bem-estar emocional, são, quanto a nós, os factores mais decisivos para um estado de saúde equilibrado. Mas, acreditamos que a maioria dos cidadãos tem outro entendimento no que respeita ao conceito de saúde, dado que, considera que quem não tem doenças tem saúde, ignorando que quem fuma, bebe e come em excesso ou quem não descansa o suficiente, corre sérios riscos de sofrer doenças a médio ou longo prazo. Na nossa opinião, contudo, o conceito de saúde varia de acordo com as condições económicas, culturais e sociais de cada pessoa. Veja-se, por exemplo, a falta de saneamento, de água de qualidade, de assistência médica e de alimentação adequada, alguns factores que expõem situações precárias nas quais vivem milhões e milhões de famílias e que afectam seriamente a sua qualidade de vida e, em particular, o futuro dos seus filhos.

Em traços gerais, podemos dividir a saúde em duas partes, a mental e a física, embora tenhamos noção de que elas são indissociáveis, até porque, não existe saúde física sem saúde mental.

Saúde física

Qualquer um de nós sabe que um pouco de actividade física diária reduz os elevados níveis de açúcar e colesterol no sangue e ajuda a resolver problemas musculares e a prevenir doenças cardiovasculares e outras como diabetes, osteoporose, cancro e até mesmo transtornos mentais, pois, como já referimos, o corpo e a mente estão intrinsecamente ligados.

A maioria dos entendidos nesta matéria diz também que, juntamente com uma alimentação equilibrada, a movimentação do corpo é imprescindível para combater progressivamente a obesidade, fortalecer os músculos, garantir uma boa circulação de sangue, regular os batimentos cardíacos ou melhorar a postura corporal.

Sendo assim e tendo em conta as consequências da actual situação pandémica na vida de todos nós, não seria prudente optarmos por uma actividade física simples e possível de praticar em nossa casa, como por exemplo, alongamento ou dança?

Saúde mental

A saúde mental, por outro lado, define-se como o estado de bem-estar psicológico e emocional da pessoa portadora de todas as capacidades emocionais e cognitivas para encarar os desafios e dificuldades da vida.

Segundo as estatísticas, são milhões as pessoas que sofrem de doenças mentais, muitas delas em silêncio.

O excesso de stresse e ansiedade, a dependência de drogas ou álcool, as perturbações depressivas ou o atraso mental, são os problemas mentais mais frequentes que, ao contrário do que muita gente pensa, não acontecem apenas aos outros.

Cuidar da saúde mental é muito importante para termos uma melhor qualidade de vida, por isso, não devemos ignorar a gravidade dos sintomas, o plano de tratamento médico ou a realização de exames recomendados,  factores que podem agravar seriamente o nosso estado mental.

Antes de nos debruçarmos sobre o tema que escolhemos para escrever este texto, não podemos deixar de lembrar a mensagem e de evocar os princípios proclamados há anos pela Organização das Nações Unidas (ONU) respeitantes a doenças e doentes mentais:

“não se justifica excluir das nossas comunidades as pessoas que têm doenças mentais ou perturbações cerebrais”; 

“não deverá existir discriminação por doenças mentais”; 

“na medida do possível, deve conceder-se, a todo o doente, o direito de ter os cuidados necessários na sua própria comunidade”; 

“todo o doente deverá ter o direito de ser tratado de forma menos restritiva e intrusiva, num ambiente o menos limitativo possível”.

A importância da Meditação 

Para a esmagadora maioria dos especialistas, a meditação é uma prática que tem por objecto promover a tranquilidade, a concentração e o foco no presente. Segundo eles, esta prática nasceu na Índia, a sua origem é milenar e remonta às tradições orientais, principalmente à yoga, apesar de haver outros estudiosos que a associam ao budismo.

Para outros terapeutas e psicólogos de renome internacional, a meditação é uma forma de serenar a mente, de criar ferramentas internas para lidar com conteúdos, sentimentos e experiências assustadoras ou inquietantes e de manifestar os melhores indicadores do carácter ou das qualidades próprias da pessoa.

É certo que muitos de nós, especialmente quem a pratica, temos consciência de que a meditação é há muito sugerida por médicos e psicólogos de todo o mundo, mas também há muitos de nós que, por questões sociais, culturais, religiosas ou políticas, não lhe atribuímos a mínima credibilidade, apesar de sabermos que os benefícios da meditação designadamente para a saúde física e mental estão comprovados cientificamente, até porque, segundo alguns estudos académicos, essa é uma prática capaz de alinhar corpo e mente para uma vida mais equilibrada e saudável.

Quantos de nós já não acordamos cansados, com dores musculares, indispostos, ansiosos e irritados sem motivo aparente e sem capacidade para encarar os obstáculos e o ritmo acelerado que temos pela frente?

É especialmente nessa situação que nos deixa intranquilos, impacientes e infelizes, que a meditação praticada diariamente durante alguns minutos ajuda a resolver, porque, os seus benefícios são muitos e garantem uma irrefutável sensação de bem-estar físico e mental.

Benefícios da meditação

Reduz a perda de memória,  dor crónica, distúrbios musculares, articulares e ósseos, problemas cardíaco ou o desgaste e a fadiga; 

Aumenta a concentração, a segurança e a produtividade; 

Ajuda a descobrir e a tratar a origem da insônia que, na maioria das vezes, está associada a um desequilíbrio psicológico, a conter a raiva, a superar traumas, no relaxamento dos músculos, a controlar o peso, no tratamento de distúrbios alimentares e obsessivo-compulsivos;

Diminui a pressão sanguínea, o stresse que acumulamos no dia-a-dia e sintomas depressivos;

Melhora o sistema imunológico, designadamente em casos de gripe ou infecções, o raciocínio, o desenvolvimento e competências cognitivas e o rendimento no trabalho e estudos; 

Evolui a compreensão e reestrutura o cérebro no que respeita à parte neuroquímica e ao funcionamento cerebral; 

Dá-nos a noção exacta daquilo que realmente temos medo e de como havemos de lidar com as situações problemáticas que enfrentamos diariamente, ou seja, aumenta a nossa capacidade de superar ou de recuperar de adversidades; 

Previne algumas doenças e riscos nomeadamente de obesidade e sofrimento físico; 

Evita o pensamento negativo;

Potencializa a autoestima e o autoconhecimento.

Isto, para citarmos apenas alguns dos muitos benefícios da meditação para a saúde mental e física. Como podemos ver, a meditação traz controle mental, espiritual e físico, e sobretudo traz motivação e paz interior ao praticante.

Relativamente aos tipos de meditação, eles são vários e variam conforme a crença, a tradição e a cultura de cada um de nós.

Tipos de meditação (alguns exemplos)

Meditação Budista: o praticante concentra-se na própria respiração de modo a desenvolver amor e bondade incondicionais. Melhora a cognição e o controle emocional, diminui a pressão sanguínea e o stresse, a depressão e a ansiedade. É necessário praticar com regularidade num local silencioso.

Metta ou Kindness: o termo significa benevolência e bondade e esta técnica é normalmente praticada de olhos fechados. O seu objectivo é estreitar laços de compaixão e fortalecer sentimentos e bondade. É uma prática diária com duração estimada entre quinze a vinte minutos.

Meditação Hindu: Mantra (OM) este termo pronuncia-se repetidamente com a finalidade de  alcançar um estado de relaxamento e contemplação. É necessário estar sentado no chão ou na cadeira, de olhos abertos, com a coluna numa postura direita e respirar tranquilamente. 

Transcendental: criada por Maharishi Mahesh Yogi, considerado pela religião indiana como um guia sagrado à autorrealização e adorado por movimentos hippies e até mesmo pela banda musical The Beatles. A técnica de Maharishi é baseada no uso de sons chamados mantras, com o propósito de acalmar e proporcionar paz à mente e ao corpo. Necessita apenas de alguns minutos diários para alcançar o resultado almejado.

Meditação Taoista: esta palavra significa princípio ou caminho. O modo de vida dos chineses na antiguidade era orientado pela filosofia taoista. Além de existir outras diversas técnicas de meditação, a meditação Taoista tem como principal característica a transformação e geração de energia interna. Nessa técnica, harmonizar o coração implica apaziguar a mente e o espírito, enquanto harmonizar a respiração é torná-la natural. Melhora a circulação sanguínea e estimula o fluxo de energia vital. Pode ser praticada em pé ou sentado desde que seja num local sossegado e silencioso.

Yoga ou Ioga:  na verdade não existe uma meditação com esse nome, existem apenas vários exercícios de Yoga que contribuem para uma boa meditação. Entre outros, podemos citar alguns: despertando o Terceiro Olho; meditação dos chackras; tantra; Kriya Yoga; Meditação do Som. Praticar Yoga melhora a saúde em geral.  

Apesar de ser mais facilmente praticada em locais apropriados para o efeito, com alguém experimentado e com grandes conhecimentos nesta área, a meditação também pode ser feita em casa com a ajuda de vídeos ou de livros.

 

Neste caso, os especialistas aconselham o praticante a meditar durante cinco a dez minutos nos primeiros dias, para depois ir aumentando gradualmente. Se seguir esta orientação, a meditação não só se transforma rapidamente num hábito natural compatível com a vida diária do praticante, como também recompensa todo o seu esforço.

https://www.pime.pt/collections/japamalas/products/japamala-com-pedras-naturais-obsidiana-e-pendente-arvore-da-vida-ref1140

Se já ouviu falar das práticas de meditação, saberá que os japamalas são um objecto milenar usado frequentemente em sessões de meditação. No nosso catálogo pode encontrar vários modelos de japamalas com pedras naturais e pendentes da sorte.